A Syrinx é uma editora voltada unicamente à publicação de traduções artísticas de obras literárias, com vistas à formação de uma Biblioteca de Invenção, um catálogo de obras fundamentais de tempos e lugares diversos, traduzidas criativamente em língua portuguesa. 

Sob esse princípio da tradução criativa, na Syrinx, o projeto editorial deve fazer parte do projeto tradutório. Cada edição é pensada junto com o tradutor de acordo com a obra em tradução, considerando seus aspectos materiais (capa, papel, projeto gráfico, modo de impressão), temporais (período em que foi publicada) e de circulação (como o original foi vendido e recebido no contexto de origem). O propósito é tornar esses paratextos, quando pertinentes na construção de sentido da obra, também objeto e objetivo da tradução e da edição da nova obra na língua de chegada. 

O projeto gráfico comum às publicações segue alguns princípios: edições bilíngues; título da obra proposto pelo tradutor; nome do tradutor em destaque na capa; nome do autor do texto de partida sempre na quarta capa, acompanhado de uma minibiografia. Além da edição de traduções também está prevista no catálogo a criação de uma coleção de ensaios sobre tradução.